Dissertações 2009

Título:

 

DESVELANDO O VALOR DO TEMPO PARA SI: UM ESTUDO HERMENÊUTICO SOBRE O SENTIDO ONTOLÓGICO DO ÓCIO

Aluno:

Francisco Antônio Francileudo

Orientador:

Prof. Dr. José Clerton de Oliveira Martins

Resumo

A presente pesquisa, intitulada Desvelando o valor do tempo para si: um estudo hermenêutico do sentido ontológico do ócio constitui-se de um estudo qual itat ivo teórico de interpretação hermenêutica. Neste processo investigativo revisita-se aspectos históricos da compreensão do ócio desde a Grécia clássica e período romano, passando pela Idade Média, chegando à modernidade e contemporaneidade. Tomando como base estudos já realizados sobre o ócio, identificou-se o sentido do mesmo para a sociedade de cada período investigado, bem como seus contributos para a sociedade contemporânea. Infere-se que o ócio proporciona equil íbrio humano e sentido de vida. Além disso, constata-se que a experiência ontológica do ócio possibilita ao ser humano a liberdade para criar e humanizar-se. A pesquisa aponta, ainda, para a experiência do ócio como “virada Cultural”, saída da “caverna” contemporânea, valorização dos talentos do sujeito e exercício criador e ético das pessoas, assumindo um novo estilo de vida que se exprime pelo primado do ser sobre o ter, da pessoa sobre as coisas, mais ainda, a passagem da indiferença ao interesse pelo outro.

Palavras-chave: Ócio, ontologia, hermenêutica, contemporaneidade e subjetividade.

Download

 

 

 

 

 

Título: A EXPERIÊNCIA DE LAZER PARA ADOLESCENTES INSERIDOS EM CONTEXTOS VIOLENTOS.
Aluna: Lisieux D'Jesus Luzia de Araújo Rocha
Orientador: Prof. Dr. José Clerton de Oliveira Martins

Resumo

Diante da problemática sociocultural da violência urbana observa-se que há práticas adolescentes consideradas como lazer que acarretam danos e prejuízos para o indivíduo que as exerce e para a sociedade. Já que na contemporaneidade encontram-se relacionamentos superficiais e efêmeros, enquanto características específicas da conjuntura consumista que perpassa a constituição dos laços sociais da atual sociedade capitalista. Assim, explana-se aqui inferências teóricas e de pesquisa de campo referentes à adolescência e suas práticas de lazer, fruto desta investigação qualitativa de enfoque social realizada através de trabalho grupal com proposta de tratamento dos dados amparado nas noções da técnica da análise de conteúdo. Sendo, pois, o trabalho de campo desenvolvido através dos referidos encontros grupais em torno da temática da violência nos quais buscou-se mediante a ludicidade e discursividade recolher expressões de sentidos atribuídos às experiências de lazer de adolescentes inseridos em âmbitos violentos da cidade de Fortaleza-Ceará-Brasil. A partir deste trabalho de pesquisa emergiram, mediante a discussão dos resultados, temas centrais: divisão relacional intra-comunitária, realidade escolar deficitária, espetáculo violento, espaço vital ameaçado, família como âmbito de conflito, precariedade comunicacional, práticas diversas de lazer elegidas, posturas de significação do vivido. Na verdade, o sujeito adolescente encontra-se necessitado de descobrir e desvelar o sentido presente nas experiências que é capaz de gerar autoconhecimento e desenvolvimento pessoal e social. Até porque a perspectiva sociocultural atual apresenta-se permeada de estímulos, próprios da sociedade de consumo, que favorecem a manutenção de posturas imaturas as quais deveriam ser progressivamente ultrapassadas ao longo do percurso da fase adolescente.

Palavras-chaves: lazer, adolescência, contemporaneidade, violência.

Download